sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Faça acontecer!!! Mais palcos para dança em São Paulo!




Olá meninas! O Governo do Estado de São Paulo destinou uma verba de mais de 300 milhões de reais a um projeto de um Teatro no Bairro da Luz chamado de Teatro da Dança. Maravilhoso não é? Sim e não. Há um grupo de artistas dispostos a rever este projeto, discutir do ponto de vista artístico, se não seria mais viável que, com a mesma verba, o Governo trabalhasse na pulverização dos Espaços artísticos, reformando galpões, antigas fábricas abandonadas, em locais próximos, como Bras - Bexiga - Barra Funda, de forma que o intercâmbio cultural de torne mais amplo a todos.

Eu acredito que, se for feito apenas um super teatro, ele poderá se tornar até inacessivel à maioria da população, devido aos seus custos de construção e manutenção. Se tivermos mais opções, mais peças poderão ser apresentadas, mais grupos de dança poderão se apresentar, enfim, todos ganham.

Segue a todos a íntegra da carta ao Governo do Estado e o link do abaixo-assinado virtual:


Este documento tem o intuito de apresentar uma proposta cultural para São Paulo, a partir de uma reflexão sobre a iniciativa do Governo do Estado em dedicar um espaço de 95mil m2 à exibição das artes cênicas no bairro da Luz, na cidade de São Paulo, projeto que vem sendo chamado de Teatro da Dança. O porte da edificação que está sendo projetada implica no uso de mais de 300 milhões de reais. A classe artística em nenhum momento foi consultada e, assim, por meio deste documento, traz uma proposta com a mesma amplitude, porém fundamentada num conceito contemporâneo de arte, que prefere a relação direta com o cotidiano da cidade, e a plenitude da liberdade estética e criativa.
A concentração de uma verba tão grande em um único ponto da cidade não conecta o Governo do Estado com as muitas outras iniciativas, hoje em curso, de companhias que vem produzindo o movimento de dança e de teatro contemporâneos na cidade, durante esses anos todos. Uma verba similar à que está sendo hoje destinada a um único empreendimento teria o seu alcance potencializado se destinada à transformação de galpões ou antigas fábricas em salas de espetáculo de portes variados, sedes de companhias de dança e de teatro da cidade. Esses galpões/fábricas seriam escolhidos em locais próximos (Belém-Brás, Bexiga-Barra Funda, periferia, etc.), criando regiões de efervescência artística e ocupacional. As atividades das companhias seriam revigorantes para o cotidiano dos bairros, tendo as artes da cena como elementos de importantes transformações urbanas e culturais, por meio de apresentações dentro das sedes e nas ruas, pela oferta de atividades paralelas, pela circulação de um variado público e pela troca de experiências entre os grupos. Diferentes companhias propõem cursos, oficinas e espetáculos correlatos, o que aumenta a pluralidade e atende a variadas formas de envolvimento com as artes da dança e do teatro, inclusive a formação de novos artistas e técnicos. Tudo isso, distribuído por locais distintos, instaura a prática da diversidade cultural que deve pautar um governo democrático com uma política inclusiva.
Enfim, trata-se de um conceito e de uma proposta, a um só tempo, de arte e de cidade, que deseja promover o acesso à produção artística, e que faria de São Paulo uma referência cultural ainda mais instigante.
Por meio deste documento, solicitamos um encontro entre a classe artística e o Ilmo Sr. Governador José Serra e o Ilmo Sr. João Sayad Secretário do Estado da Cultura sobre a presente proposta, derivações da mesma e para o aprimoramento de uma política pública cultural para a dança. Estamos dispostos a conversar.


Adriana Grecci, Alejandro Ahmed, Cristian Duarte, Elisa Ohtake, Georgette Fadel, Laura Bruno, Lia Rodrigues, Mara Guerreiro, Marcelo Evelin, Tica Lemos, Raul Rachou, Sheila Áreas, Sheila Ribeiro, Tarina Quelho,Thelma Bonavita e Vera Sala

Link: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/5431

3 comentários:

  1. Oi Rhazi, tudo bem ??? Aqui é a Mariana Rocha... Você escreveu no meu orkut, eu recebi o recado, mais eu estava viajando e não tive como responder... Na verdade um amigo estava conferindo e-mails e recados no orkut para mim, onde eu estava não tinha internet... Procurei você no orkut, você saiu ??? Bom, não queria deixar seu recadinho sem resposta, apesar de não conhece-la pessoalmente, sinto um carinho e respeito enorme por sue trabalho, que conheço, admiro e respeito muito !!! Agradeço por seu elogio quanto a iniciativa de expor e divulgar a carta "CIDADE E ARTE", esta é uma carta muito séria, elaborada por mestres professores doutores da graduação de dança da PUC-SP... Os quais tive a honra de ter como meus professores durante a graduação... Por isso Rhazi, te agradeço muito muito de expor aqui em seu blog, quanto mais pessoas terem acesso melhor... Eu enviei para tanta gente do nosso meio, pedindo, suplicando para exporem em seus blogs, infelizmente não tive respostas... É muito triste né Rhazi, pois independente da modalidade de dança, se é balé, dança do ventre, flamenco, em fim, não importa a modalidade de dança, temos como obrigação por sermos profissionais que trabalhamos com dança, nos informarmos das questões culturas que envolvem nosso estado, nosso país... Em fim, nossa, escrevi bastante né !!! rsrsrsrs Olha um beijo enorme em você linda !!! Bom, é isso !!! rsrsrsrs Mari Rocha.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rhazi,linda! estou no seu orkut te mandei convite e vc gentilmente me aceitou, mas resolvi escrever pra vc por aqui, eu estou iniciando na dança do ventre que é minha grande paixão tenho uma professora maravilhosa paciente e dedicada com as alunas mas eu tenho muita dificuldade de movimentar cordenadamente os braços é minha maior dificuldade pode me dar alguma dica? obrigada desde já, um grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ro, tudo bem? Tentei te localizar no orkut, não consegui, tentei te responder por este perfil e não consigo, enfim, vc poderia, pelo orkut mesmo e por depoimento, me enviar seu email que, na medida do possível, tento ajudá-la sim, enviando alguns links que poderão ajudá-la. Obrigada pela visita! beijos beijos!!!

    ResponderExcluir

Mulher de Fases